Sábado, 12 de junho de 2021 FALE-CONOSCO ANUNCIE AQUI
Saúde
Junho Vermelho: Hemorio lança campanha Cada Gota Importa
Iniciativa vai contar com a parceria de empresas de transporte e oferecer inúmeros pontos de coleta para doadores.
Notícias > Saúde > Junho Vermelho: Hemorio lança campanha Cada Gota Importa
Leonardo Ferreira / Portalozk.com 10 de junho de 2021 às 17h30
Compartilhe essa notícia Whatsapp

Para reforçar os estoques de sangue na cidade e lembrar o Junho Vermelho, mês oficial de conscientização do ato de doar sangue, o Hemorio lança, a partir do dia 14.06, a campanha Cada Gota Importa. O objetivo é reverter o triste cenário de queda nos estoques no Rio de Janeiro em meio à pandemia de Covid-19. A cantora Pocah será a embaixadora da iniciativa.

"É um prazer dar voz a essa campanha tão importante. É um dever de todos nós mobilizar o maior número de pessoas. Doar sangue é um gesto que salva vidas, ainda mais neste momento de pandemia, onde tantas pessoas precisam de assistência", afirma.

Também representando a campanha, o Hemorio convidou a aposentada Valéria Esteves, que contabilizou no último mês 208 doações de sangue em 25 anos de participação contínua, se tornando a maior doadora do instituto em atividade até o momento. Valéria, que doa desde 1995, tem 63 anos e já salvou 832 pessoas.

"É uma honra fazer parte dessa família e ter ajudado tanta gente nesses 25 anos de doação. Espero que meu gesto incentive outras pessoas a participarem e entenderem que assim como a campanha, cada gota importa e, aos poucos, fazemos um oceano de solidariedade", explicou.

O Hemorio também preparou uma série de iniciativas que buscam facilitar a participação popular. A partir de segunda, a 99 vai oferecer até R$ 30 de descontos em duas viagens que tenham como ponto de destino ou de origem o Hemorio. Basta utilizar o código DOESANGUE. O objetivo é simplificar a ida e a volta dos doadores evitando a exposição em ambientes externos ou aglomerações. A campanha vai até quarta, dia 30.06. MetrôRio e o Instituto Invepar também vão apoiar a campanha com a distribuição de 500 cartões unitários que serão entregues no próprio Hemorio por ordem de chegada. A parceria tem como objetivo incentivar a doação, facilitando o transporte dos possíveis doadores de sangue. É a segunda vez que a concessionária participa da campanha.

Ao longo do mês, pontos de coleta serão instalados em diversos locais do Rio de Janeiro. Barra Shopping, Park Shopping, Via Brasil Shopping, Hospital Municipal Lourenço Jorge e Hospital da Criança serão alguns dos espaços que vão contar com equipes do Hemorio. Para quem vier ao próprio instituto, o Hemorio reservou brindes e homenagens pela participação.

A iniciativa tem como objetivo somar esforços no estímulo à doação de sangue, uma vez que os estoques estão com 30% a menos de sua capacidade. A disponibilidade de bolsas de sangue é uma demanda diária e contínua para pacientes com doenças crônicas e vítimas de acidentes.

Para receber os doadores, o Hemorio estabeleceu um protocolo especial de atendimento, visando a segurança de doadores e colaboradores durante a coleta, com cadeiras de doação espaçadas, disponibilização de antissépticos para as mãos e intensificação na higienização das superfícies e instrumentos.

"Este é o mês definitivo para a doação de sangue. A importância desse gesto e a necessidade da participação popular são fundamentais para garantir que pessoas internadas nos hospitais do Rio de Janeiro possam ser atendidas. Todas as ações que fazemos buscam facilitar o acesso e a participação dos doadores e esperamos que, com nossa campanha, isso possa ocorrer", explica o Diretor Geral do Hemorio, Luiz Amorim.

Com a diminuição dos serviços, o fechamento das empresas e a redução no número de pessoas nas ruas, o Hemorio conta mais do que nunca com o apoio da população fluminense. Em 2020 a queda nas doações chegou a 3 mil bolsas de sangue. Com o avanço da Covid-19 e a determinação de novas restrições, o número de doadores vem regredindo progressivamente, colocando o Hemorio em alerta para o desabastecimento de diversos tipos sanguíneos, principalmente os de Rh positivo (A+, B+, O+).

Em média, para uma situação regular, é necessário que o Hemorio disponha de pelo menos 300 bolsas de sangue diariamente, porém, esse número se encontra em 210 unidades. Além do Hemorio, o Estado conta com postos de coleta em diversos outros municípios que podem ser acessados pelo site http://www.hemorio.rj.gov.br/html/Hemorrede_mapa.htm.

Quem pode doar na pandemia 
• É preciso ter entre 16 e 60 anos e até 69 anos caso já seja doador de sangue
 
• O doador deve pesar no mínimo 50 kg
 
• É necessário estar bem de saúde
 
• Quem quiser doar precisa portar um documento de identidade oficial com foto
 
• Não é necessário estar em jejum, apenas evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e não ingerir bebidas alcoólicas 12 horas antes
 
• Candidatos à doação que tiveram a Covid-19 ficam inaptos por 30 dias após a cura.
 
• Candidatos à doação que tiveram a forma grave da Covid-19 ficam inaptos por 1 ano após a cura.
 
• Candidatos à doação que retornaram de viagem internacional, vindos de qualquer país, ficam inaptos por 30 dias a partir do dia da chegada ao Brasil

• Candidatos à doação que tomaram as vacinas contra Covid-19 da Pfizer e AstraZeneca ficam inaptos por sete dias. Aqueles que receberam o imunizante da CoronaVac ficam inaptos por 48h, mesmo período para aqueles que foram vacinados contra a gripe
 
• Jovens com 16 e 17 anos só podem doar sangue com autorização dos pais ou responsáveis legais. Devem portar o seu documento e um documento de identidade do responsável que assinou a autorização.

Mais notícias
É proibido o uso ou publicação deste conteúdo sem a devida autorização. Os infratores ficarão sujeitos a penas previstas por lei. O Portal OZK não envia mensagens de e-mail sobre promoções, notícias ou novidades. Portal OZK - 2015 - 2018 Todos direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Desenvolvido por Jean Moraes