Sábado, 12 de junho de 2021 FALE-CONOSCO ANUNCIE AQUI
Polícia
Polícia prende quadrilha que vendia terrenos dos outros em Campos
Notícias > Polícia > Polícia prende quadrilha que vendia terrenos dos outros em Campos
Leonardo Ferreira / Portalozk.com 10 de junho de 2021 às 15h42
Compartilhe essa notícia Whatsapp

A Polícia Civil prendeu uma quadrilha de estelionatários que vendia terrenos dos outros em Campos. A prisão aconteceu nesta quarta-feira (9) após a filha de um proprietário no terreno na rua João Manoel de Faria, no Jóquei Clube, que já é morto desde 1999, passar em frente ao imóvel e reparar que ele estava pintado, com o mato cortado, com outro cadeado e com uma placa de vende-se.

Desconfiada, a filha do proprietário ligou para o telefone do anúncio e falou com um dos estelionatários. Segundo ela contou à polícia, um homem atendeu dizendo que estava tomando conta do terreno para um policial que reside na praia. O imóvel também estava publicado no site da OLX, mas já foi retirado do ar.

De acordo com a Polícia Civil, a quadrilha era tão organizada que os integrantes chegaram a cadastrar o imóvel na Enel, na Águas do Paraíba e na Secretaria de Fazenda, tudo com contratos de compra e venda falsificados. Ciente de que trata-ve de um golpe, a vítima fora a polícia com todas as documentações legais do terreno, onde fez o Boletim de Ocorrência.

Os agentes, então, foram ao local e constataram o golpe. Ainda de acordo com a Polícia Civil, um inspetor ligou e imediatamente atendeu um homem com voz masculina, dizendo que estava perto do terreno e que poderia abrir para mostrar. O criminoso chegou conduzindo o veículo Tucson, identificando-se como responsável do imóvel, dizendo que estava vendendo o terreno, que tinha toda a documentação, tinha escritura, que o terreno não era dele, mas que o proprietário morava na praia e queria R$ 150.000,00. Perguntado se pegaria um carro na troca, sendo um gol 2017, respondeu que sim, pegaria. Para dar veracidade a venda ilegal, ele mostrou o hidrometro e relogio de energia elétrica. O agente então o prendeu em flagrante delito de estelionato, pois o criminoso estava vendendo coisa alheia como própria.

Ele foi levado para a Delegacia do Centro, onde acompanhado da advogada, confessou o crime e disse que era bucha dos estelionatários. *As informações são do Campos em Pauta

Mais notícias
É proibido o uso ou publicação deste conteúdo sem a devida autorização. Os infratores ficarão sujeitos a penas previstas por lei. O Portal OZK não envia mensagens de e-mail sobre promoções, notícias ou novidades. Portal OZK - 2015 - 2018 Todos direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Desenvolvido por Jean Moraes