Cidades Polícia Política Entretenimento Esportes Últimas

Morre o Senhor Elço Ferreira, de São João da Barra

Mundo
Ex-padre se descobre gay e vira astro de filmes pornôs aos 87 anos nos EUA
Americano Norm Self descreveu a experiência de fazer sexo diante das câmeras como "deliciosa" e "esplêndida".
PUBLICADO POR: LEONARDO FERREIRA - 23/05/2022 - 16:11

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

O americano Norm Self levou mais de 80 anos para encontrar sua verdade e vocação em uma vida que incluiu o ofício como clérigo e um casamento heterosexual, mas que sofreu uma reviravolta ao assumir a homossexualidade e a passar a estrelar fitas eróticas.

Hoje, aos 87, ele também é reverendo, ministrando 'intimidade sagrada' a pessoas que pagam de US$ 75 a US$ 375 por sessão.

Norm, que disse que fazer conteúdo adulto na terceira idade é quase como "dar uma festa", descreveu a experiência de fazer sexo com estranhos diante das câmeras como "deliciosa" e "esplêndida". Sua história ficou conhecida do grande público a partir do documentário 'OAPS On The Game: The Sex Business'.

Hoje também trabalhando como 'reverendo', o ex-padre, que também foi militar e serviu com o exército americano na Guerra da Coreia, revela o prazer de ministrar o amor de outras formas. “Se aceito o 'título' de 'ministro da educação erótica', significaria a erradicação das falsas mensagens instaladas pela sociedade de que o sexo é, na melhor das hipóteses, suspeito e, na pior, maléfico - e que sua prática é severamente constrangida à reprodução do espécies e não para ser apreciado", afirmou Norm.

De acordo com o site para o qual ele trabalha, ele passou por três anos de treinamento intensivo em Tantra, uma das técnicas usadas em seus atentimentos - que podem ser feitos por telefones ou presencialmente.

Norm cresceu em uma família religiosa na Carolina do Norte, entrando para a Igreja aos 18 anos. Posteriormente, ele foi casado com uma mulher por 28 anos, mas percebeu que era gay em 1997, quando se deparou com um grupo de homens enquanto trabalhava como ministro de um campus universitário. Ao vê-los sair, pensou: "Sou gay". Vinte anos depois, em 2017, ele fez seu primeiro filme pornográfico.

Ele lembrou: "Meu colega de casa me perguntou se eu participaria de um filme. Fui convidado e de repente toda essa atenção vem para mim. É quase como fazer uma festa, isso é uma das coisas que admiro nesse jeito de fazer pornô. Nós vamos fazer sexo de qualquer maneira, então por que não fazer disso uma experiência libertadora e de união em vez de escondê-la nas sombras?", defendeu o idoso de 88 anos. 

No documentário, feito à época de seu primeiro filme adulto, Norm tinha medo do que a Igreja poderia achar de sua nova vocação. “Pensei em quem poderia se ofender e quem poderia querer me escrever do livro de endereços, mas não me preocupo porque essa é a luta deles. Meu problema com a igreja é que é raro que o sexo seja tratado como uma parte alegre da vida espiritual”, defendeu.  

"[E continuarei fazendo isso] até que as normas negativas ao sexo sejam removidas do vocabulário de nossa sociedade e substituídas pela mensagem implícita de que nosso direito inato é desfrutar de alegria e felicidade erótica. Nós, que passamos por isso, devemos a nossas irmãs e irmãos compartilhar essas boas novas com todos que as ouvirem!", concluiu, em entrevista ao Huffington Post. *Revista Monet


Acompanhe o Portalozk.com nas redes sociais:

Instagram: https://www.instagram.com/portalozk/
Facebook: https://twitter.com/portalozk
Twitter: https://twitter.com/portalozk

Veja mais!

E-mail: portalozk1@gmail.com
Telefone: (22) 99877-3138


HOME ANUNCIE CONOSCO
© 2004-2022 Portalozk.com Desenvolvido por Jean Moraes