Domingo, 17 de janeiro de 2021 FALE-CONOSCO ANUNCIE AQUI
Justiça
PM que matou namorada com tiro na boca em estacionamento de universidade tem prisão convertida em preventiva
Janitom Celso Rosa baleou a namorada com um tiro na boca no estacionamento do campus do Centro Universitário de Valença, no Sul Fluminense, na última sexta-feira.
Notícias > Justiça > PM que matou namorada com tiro na boca em estacionamento de universidade tem prisão convertida em preventiva
Thamiris Moreira / Portalozk.com 30 de novembro de 2020 às 11h40
Compartilhe essa notícia Whatsapp
Atualizado em 30 de novembro de 2020 às 11h40

O Tribunal de Justiça converteu a prisão em flagrante do policial militar Janitom Celso Rosa Amorim, de 39 anos, para preventiva após ter matado a namorada em Valença, no Sul Fluminense, na última sexta-feira. A decisão foi do juiz Marcelo Borges Barbosa, durante a audiência de custódia em Volta Redonda, neste domingo. 

Mayara Pereira de Oliveira Fernandes, de 31 anos, foi baleada na boca após ter sido feita refém por duas horas e meia no estacionamento do campus do Centro Universitário de Valença, no Sul Fluminense, pelo agente lotado do 38º BPM (Resende). Ela chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Escola de Valença, mas não resistiu aos ferimentos.

O juiz afirmou que a prisão preventiva foi decretada para garantir a aplicação da lei penal e como forma de "garantir a ordem pública".

"A prisão preventiva se justifica pela conveniência da instrução criminal e para garantir a aplicação da lei penal, principalmente porque parte das testemunhas a serem ouvidas no curso da instrução são civis que presenciaram os motivos antecedentes do delito, como a relação prévia entre o acusado e a vítima. A prisão preventiva também deve ser decretada como forma de garantir a ordem pública, pois se trata de delito com grave repercussão social na comunidade em que ocorreu com o que eventual liberdade gerará sentimento de insegurança e descrédito na sociedade local", afirmou o magistrado. *O Dia

Mais notícias
É proibido o uso ou publicação deste conteúdo sem a devida autorização. Os infratores ficarão sujeitos a penas previstas por lei. O Portal OZK não envia mensagens de e-mail sobre promoções, notícias ou novidades. Portal OZK - 2015 - 2018 Todos direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Desenvolvido por Jean Moraes