Quarta-feira, 12 de maio de 2021 FALE-CONOSCO ANUNCIE AQUI
Cidades
Flordelis, acusada de matar o marido, está namorando homem de Macaé e poderá morar na capital do petróleo
Notícias > Cidades > Flordelis, acusada de matar o marido, está namorando homem de Macaé e poderá morar na capital do petróleo
Leonardo Ferreira / Portalozk.com 03 de maio de 2021 às 13h06
Compartilhe essa notícia Whatsapp

A deputada federal Flordelis, acusada de matar o marido em 2019, foi vista pelo Centro de Macaé no fim de semana, ao lado do novo namorado, morador da capital do petróleo. O casal foi a uma loja para comprar o enxoval de casa nova, segundo fontes ouvidas pela reportagem. Nas redes sociais, a hipótese da política morar na cidade não passou despercebida, rendendo vários comentários. 

"Ela tem que morar no presídio, aqui em Macaé, já tem muitos bandidos", Clindia Soares. 

"Como se nao bastace a bandidagem em Macae ainda vem mais uma", Marli Moraes.

"Covid, Flordelis, só desgraça", Erlon Frank.

"Aqui tá bom pra ela matar o marido. É só jogar na praia", Uriel Ribamar. 

"Pelos comentários que li,parece que ela estava ontem lá na nova holanda fazendo sombrancelha", Rose Macedo. 

Em entrevista ao Jornal Extra no mês passado, a parlamentar, acusada pelo Ministério Público de ser mandante da morte do marido, afirma estar sendo injustiçada. Flordelis relata ter descoberto que o marido, Anderson do Carmo, abusava sexualmente de outras pessoas na casa, além de sua filha biológica Simone dos Santos, sem revelar quem seriam as vítimas e nem detalhes do que teria ocorrido. A deputada ainda aponta Simone como verdadeira responsável por escrever mensagens atribuídas a ela, nas quais dizia que não podia se separar, pois escandalizaria a obra de Deus, e nas quais também chama o marido de traste.

Na última audiência do processo, Simone, que está presa e é acusada de envolvimento no crime, admitiu ter oferecido dinheiro para que uma das irmãs, Marzy, matassem Anderson e relatou ter sofridos investidas sexuais da vítima. No entanto, Simone diz não saber se a irmã de fato executou o plano. Marzy, em seu interrogatório, não corroborou as declarações da irmã. Para o MP, a confissão de Simone não foi suficiente para "livrar" Flordelis das acusações.

Ainda na entrevista, a deputada diz não acreditar não ter sido condenada pela opinião pública: "Há muitas pessoas que me apoiam e acreditam na minha inocência".

Advogado da família de Anderson do Carmo, Ângelo Máximo contesta as declarações de Flordelis de que o pastor teria abusado sexualmente de pessoas da família. Segundo ele, a deputada têm o objetivo de desconstruir a imagem do marido para “tentar se livrar da responsabilidade penal”. "Flordelis está tentando destruir a imagem de alguém que não está aqui para se defender. Demonstra o caráter em tese criminoso em prol de destruir a imagem da vítima de um assassinato brutal cometido dentro da própria casa", afirmou.

Por fim, indagada se tinha medo de ser presa, a deputada respondeu sem rodeios. "Não tenho medo de ser presa porque não cometi crime nenhum".

Mais notícias
É proibido o uso ou publicação deste conteúdo sem a devida autorização. Os infratores ficarão sujeitos a penas previstas por lei. O Portal OZK não envia mensagens de e-mail sobre promoções, notícias ou novidades. Portal OZK - 2015 - 2018 Todos direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Desenvolvido por Jean Moraes