Domingo, 25 de outubro de 2020 FALE-CONOSCO ANUNCIE AQUI
Polícia
Polícia tenta identificar homem morto por botijão de gás; nenhum parente foi ao IML reconhecer o corpo
Homem morreu após ser atingido por objeto jogado da janela de um prédio em Copacabana. Se a família não reclamar o corpo em 14 dias, vendedor de frutas será enterrado como pessoa não identificada.
Notícias > Polícia > Polícia tenta identificar homem morto por botijão de gás; nenhum parente foi ao IML reconhecer o corpo
Thamiris Moreira / Portalozk.com 14 de outubro de 2020 às 15h28
Compartilhe essa notícia Whatsapp

A Polícia Civil do RJ busca pistas que identifiquem o homem morto após ser atingido por um botijão de gás arremessado da janela do 12º andar um prédio, na tarde de segunda-feira (12). O corpo do vendedor de frutas, conhecido na região de Copacabana como Tronco, está desde então no Instituto Médico-Legal (IML) e ninguém foi reconhecê-lo.

De acordo com a polícia, é preciso que algum parente vá ao IML para reclamar o corpo do homem. Se isso não acontecer em até 14 dias, ele será enterrado como pessoa não identificada.

No momento em que foi atingido, Tronco não tinha nenhum documento. Ele teve ferimentos graves e, segundo a polícia, a identificação só será possível por impressão digital ou exame da arcada dentária.
O morador que arremessou objeto tem problemas mentais, segundo relato da irmã e de dois patrões.

Mais notícias
É proibido o uso ou publicação deste conteúdo sem a devida autorização. Os infratores ficarão sujeitos a penas previstas por lei. O Portal OZK não envia mensagens de e-mail sobre promoções, notícias ou novidades. Portal OZK - 2015 - 2018 Todos direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Desenvolvido por Jean Moraes