Quinta-feira, 16 de julho de 2020 FALE-CONOSCO ANUNCIE AQUI
Esportes
Clubes do Rio terão que testar comunidades vizinhas aos CTs para voltar aos treinos
Notícias > Esportes > Clubes do Rio terão que testar comunidades vizinhas aos CTs para voltar aos treinos
Isis Rodrigues / Portalozk.com 22 de maio de 2020 às 15h48
Compartilhe essa notícia Whatsapp

 A prefeitura está negociando com os clubes e a Federação de Futebol do Rio (Ferj) a retomada dos treinos na cidade. No entanto, haverá pré-condições, entre elas a obrigação de os clubes criarem um programa de testagem de comunidades vizinhas aos centros de treinamento.

O secretário de Ordem Pública, Guttemberg Fonseca, disse em entrevista coletiva que a data para a volta às atividades nos CTs será anunciada na próxima semana:

— Ainda não temos uma data. Esse protocolo será apresentado em uma reunião do comitê científico no fim de semana.

Para cumprir essa determinação, o Flamengo precisará testar os vizinhos do Ninho do Urubu, em Vargem Grande, onde sessões de treino já acontecem nesta semana, apesar da recomendação contrária dos órgãos públicos. Nesta quinta-feira, o rubro-negro recebeu uma notificação da Seop por conta das atividades no Ninho.

Da mesma forma, o Vasco terá que atender à região de São Januário, o Fluminense, a da Cidade de Deus (ao lado do CT), e o Botafogo, a do entorno do Engenhão.

Medidas de distanciamento social também serão adotadas, como a obrigação de os atletas se deslocarem em carros, nunca em ônibus. Além disso, segundo o secretário, a Ferj negocia uma parceria com a Rede Dor para o uso de leitos privados como forma de reduzir a pressão sobre a rede pública.

 

*Fonte: Extra

Mais notícias
É proibido o uso ou publicação deste conteúdo sem a devida autorização. Os infratores ficarão sujeitos a penas previstas por lei. O Portal OZK não envia mensagens de e-mail sobre promoções, notícias ou novidades. Portal OZK - 2015 - 2018 Todos direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Desenvolvido por Jean Moraes