Quarta-feira, 23 de setembro de 2020 FALE-CONOSCO ANUNCIE AQUI
Educação
Mais de 80% dos votantes não querem volta às aulas em São João da Barra
Consulta virtual dos alunos, pais, responsáveis e profissionais de educação segue planejamento e foi orientada pelo Ministério Público Estadual.
Notícias > Educação > Mais de 80% dos votantes não querem volta às aulas em São João da Barra
Thamiris Moreira / Portalozk.com 07 de agosto de 2020 às 19h26
Compartilhe essa notícia Whatsapp

A pesquisa virtual realizada pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura de São João da Barra, seguindo orientação do Ministério Público Estadual, mostra que 86,2% da comunidade escolar são contra o retorno das aulas presenciais nas escolas enquanto a situação da pandemia não permitir que ocorra de forma segura. A consulta foi feita entre 28 de junho e 4 de agosto com alunos, pais, responsáveis e profissionais de educação, somando 1.524 participantes.

VEJA SÍNTESE DA PESQUISA

As aulas presenciais estão suspensas no município desde o início da pandemia, mas o calendário escolar segue com ações virtuais para os estudantes da rede pública municipal. A pesquisa também mostra que 75,7% aprovam a plataforma que tem sido utilizada para as aulas à distância.

O questionário, que também abordou questões como deslocamento, grupos de risco, contaminação, adaptação das escolas e saúde emocional, foi disponibilizado no site oficial da Prefeitura e nas redes sociais das 39 unidades escolares. Ele faz parte do Plano de Retorno às Aulas Presenciais, que define uma série de ações, mesmo sem haver ainda um prazo definido.  

— A participação da comunidade foi muito boa. A percepção da população está de acordo com os protocolos seguidos pela nossa gestão. O próximo passo será debater os dados nas comissões para formular o documento final.  Os dados da pesquisa também serão encaminhados para o Ministério Público Estadual — afirmou a secretária municipal de Educação e Cultura, Angélica Rodrigues.

Participam também da elaboração do protocolo as secretarias municipais de Saúde e de Assistência Social e Direitos Humanos, a Vigilância Sanitária Municipal, o Fórum Permanente de Educação Municipal e o Conselho Municipal de Educação.

Através da pesquisa, também foi possível avaliar o quadro emocional dos participantes. Dos que responderam, 901, ou seja, 59,1%, disseram sentir medo e angústia neste período de pandemia. Já 32,9% apresentam "serenidade", contra 7,9% que falam em solidão devido ao isolamento ou distanciamento social.

Mais notícias
É proibido o uso ou publicação deste conteúdo sem a devida autorização. Os infratores ficarão sujeitos a penas previstas por lei. O Portal OZK não envia mensagens de e-mail sobre promoções, notícias ou novidades. Portal OZK - 2015 - 2018 Todos direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Desenvolvido por Jean Moraes