Segunda-feira, 03 de agosto de 2020 FALE-CONOSCO ANUNCIE AQUI
Economia
Caixa deposita hoje até R$ 1.045 de FGTS para trabalhadores nascidos em março
Notícias > Economia > Caixa deposita hoje até R$ 1.045 de FGTS para trabalhadores nascidos em março
Isis Rodrigues / Portalozk.com 13 de julho de 2020 às 07h58
Compartilhe essa notícia Whatsapp

 

Os trabalhadores da iniciativa privada com direito ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço nascidos em março vão receber, nesta segunda-feira (dia 13), o depósito de até R$ 1.045 de FGTS liberado pelo governo federal em razão da pandemia do coronavírus. Trata-se de um saque emergencial autorizado neste segundo semestre, como forma de ajudar os brasileiros em dificuldades.

A partir desta segunda-feira, os nascidos em março poderão movimentar o dinheiro creditado em contas poupanças sociais digitais abertas para este fim. Para isso, terão que usar o aplicativo Caixa Tem — o mesmo do auxílio emergencial de R$ 600.

Assim, ficam permitidos a quitação de contas (como as de água, luz, gás e telefone) e os pagamentos de compras em lojas, farmácias e supermercados (via cartão digital gerado na hora ou QR Code, aproximando o celular com a máquina do estabelecimento). Vale destacar, porém, que a retirada em dinheiro para os nascidos em março será liberada somente em 22 de agosto, assim como as transferências em dinheiro.

 

Imagem de chamada

 

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o WhatsApp do Extra (21 99644 1263)

Os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro já tiveram o dinheiro depositado em suas contas, mas ainda não podem retirá-lo em espécie ou transferi-lo para outra conta. Os demais ainda serão contemplados, de acordo com o mês de aniversário.

Confira o cronograma de depósito e retirada para todos os trabalhadores

 

 

Viu isso? FGTS: vale a pena fazer o novo saque emergencial de R$ 1.045?

Se não quiser sacar o dinheiro

O saque será único, ou seja, ninguém poderá retirar mais do que R$ 1.045 do FGTS, somando todas as contas, ativas ou inativas. O dinheiro será debitado, primeiramente, das contas inativas e de menor valor. Depois, daquelas com quantias maiores. Quem tiver saldo inferior a R$ 1.045 poderá zerar o fundo.

Caso não queira fazer a retirada, o trabalhador pode comunicar seu desejo à Caixa dez dias antes da data prevista para depósito ou deixar o dinheiro na conta digital até 30 de novembro. O montante retornará ao FGTS, com correção.

 

*Fonte: Extra

Mais notícias
É proibido o uso ou publicação deste conteúdo sem a devida autorização. Os infratores ficarão sujeitos a penas previstas por lei. O Portal OZK não envia mensagens de e-mail sobre promoções, notícias ou novidades. Portal OZK - 2015 - 2018 Todos direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Desenvolvido por Jean Moraes