Sábado, 19 de outubro de 2019 FALE-CONOSCO ANUNCIE AQUI
Cidades
Cadastramento de doadores de medula óssea nos dias 18 e 19 de outubro, em Campos
Notícias > Cidades > Cadastramento de doadores de medula óssea nos dias 18 e 19 de outubro, em Campos
Isis Rodrigues / Portalozk.com 20 de setembro de 2019 às 11h53
Compartilhe essa notícia Whatsapp
Atualizado em 20 de setembro de 2019 às 11h55

"Doe esperança, doe vida", esse é o lema da campanha de cadastramento de voluntários para doação de medula óssea que será realizada nos dias 18 e 19 de outubro, em Campos. A ação acontece no CIEP Nilo Peçanha, no bairro da Lapa, das 08h às 16h.

Segundo informações de um dos organizadores, Patrick Campista Velasco, serão disponibilizados dois mil kits para realizar os cadastros. Cada coleta será de 5 ml de sangue para fazer uma análise genética. Após esse procedimento, é realizada uma compatibilidade para confrontar com o cadastro dos pacientes e dos possíveis doadores.

Uma equipe com 16 pessoas especializada do laboratório HLA, vinculada Hospital Universitário Pedro Ernesto - UERJ se deslocará para Campos, onde atuará em conjunto com a equipe do Hemocentro Regional de Campos no cadastro dos voluntários, que serão inseridos no banco de dados do Registro Nacional de Doadores de Medula (REDOME).

O evento será uma oportunidade para facilitar o cadastro de quem deseja ser um possível doador de medula, pois o local mais próximo para cadastramento é a cidade do Rio de Janeiro. A doação de medula é a única esperança para pacientes portadores de Leucemia e outras doenças sanguíneas, assim como doenças do sistema imunológico. De acordo com o REREME (Registro de Receptor de Medula Óssea), atualmente existem 2 pacientes campistas com Leucemia Linfoide Aguda (LLA) em busca por doador compatível, pois o transplante é a única alternativa para cura. Outras pessoas da região estão em tratamento e o transplante poderá ser requerido.

Apesar da chance de encontrar um doador 100% compatível na família ser de 25%, as chances de encontrar um doador no banco de doadores de medula é de 1 em cada 100 mil pessoas.  Devido a esse dado, a única forma de tornar possível que mais pessoas possam receber uma doação de medula é aumentando o número de doadores cadastrados.

O evento vem sendo conduzido pela sociedade civil, Hemocentro Campos e Laboratório HLA, com apoio de  organizações, entre elas: Ordem Demolay, Lojas Maçônicas da Cidade, Faculdade Redentor, Escola de Ensino Datafox, Exército Brasileiro, Hotel Transamerica Executive, entre outros.

Para o cadastro é preenchida uma ficha com os dados do potencial doador e retirado apenas 5 ml de sangue. Após isso, caso seja identificado que você seja compatível com alguém, a equipe entra em contato para realização de mais exames e para doação, completamente custeada pelo poder público federal.

O cadastro pode ser feito por pessoas de 18 a 54 anos de idade que desfrutam de um bom estado de saúde.

Quem já realizou o cadastro não precisa refazê-lo. Basta manter os dados atualizados. Esta atualização pode ser feita diretamente pelo site do REDOME ou através dos telefones (21) 2505-5656 / 2505-5639 / 2505-5638.

Acesse a página da campanha Camposdoemedula no Facebook ou Instagram.

Mais notícias
É proibido o uso ou publicação deste conteúdo sem a devida autorização. Os infratores ficarão sujeitos a penas previstas por lei. O Portal OZK não envia mensagens de e-mail sobre promoções, notícias ou novidades. Portal OZK - 2015 - 2018 Todos direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Desenvolvido por Jean Moraes