Cidades Polícia Política Entretenimento Esportes Últimas
Saúde
Saúde amplia dias para aplicação da vacina contra a raiva humana, em Campos
Anteriormente, o imunizante era aplicado às segundas, quartas e sextas-feiras, das 8h30 às 17h. Agora, a aplicação ocorre de segunda a sexta-feira, no mesmo horário
PUBLICADO POR: REDAçãO 3 - 15/01/2023 - 13:36

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

O Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE), que funciona na Secretaria Municipal de Saúde, ampliou, a partir deste mês de janeiro, os dias de aplicação da vacina preventiva contra a raiva humana. Anteriormente, segundo o assessor técnico de Imunização da secretaria de Saúde, Leonardo Cordeiro, a aplicação ocorria às segundas, quartas e sextas-feiras, das 8h30 às 17h. “Agora, aplicamos de segunda a sexta-feira, no mesmo horário”, disse Leonardo.

Segundo ele, a medida foi adotada por determinação do Governo do Estado devido ao desabastecimento de soro e imunoglobulina antirrábica no país. Entre janeiro e dezembro de 2022, o CRIE aplicou 2.791 doses.

A vacina é indicada para crianças e adultos, podendo ser administrada antes e após a exposição ao vírus, que é transmitido para as pessoas quando a saliva do animal infectado penetra no organismo, através da pele ou mucosas, por mordedura, arranhadura ou lambedura, mesmo não existindo agressão. A mordida pode ser de cachorro ou outros animais infectados como gato, morcego, cavalo e porco, por exemplo.

Leonardo Cordeiro explicou que, em caso de acidentes por mordedura ou arranhadura por algum animal, a pessoa deve lavar o ferimento com água e sabão e procurar a emergência do Hospital Ferreira Machado (HFM) para avaliação médica.

“Se houver necessidade da vacina, o próprio Ferreira Machado encaminha o paciente para o CRIE. Vale ressaltar que, de acordo com protocolo do Ministério da Saúde, o primeiro atendimento, para avaliar se a pessoa terá que tomar a vacina ou não, tem que ser no HFM, mesmo que a vítima tenha plano de saúde”, disse ele, ressaltando que os profissionais que trabalham em clínicas veterinárias e estudantes do curso de Veterinária também podem tomar a vacina, mediante o encaminhamento de ofício para a secretaria.

A professora Jussara Salles Valle Macedo, 52 anos, precisou buscar atendimento no HFM e depois no Crie, após um cachorro de rua morder sua panturrilha. “Estava indo para a academia que fica na área central, quando passei por uns quatro cachorros que começaram a latir. Ainda tentei espantá-los, mas um deles veio e me mordeu. O ferimento não foi profundo porque estava com calça de ginástica, mas sangrou”, contou a professora, que elogiou o atendimento recebido no Ferreira Machado e no Crie.

“Foram bem atenciosos comigo”, acrescentou. O hospital atendeu, entre os meses de janeiro e dezembro de 2022, 1.723 pessoas vítimas de mordedura de cão e gato.

Segundo a secretaria de Saúde, não há casos de raiva humana no município. O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), por meio das campanhas de vacinação de cães e gatos, tem contribuído para a prevenção da raiva animal e, consequentemente, humana.


Acompanhe o Portalozk.com nas redes sociais:

Instagram: https://www.instagram.com/portalozk/
Facebook: https://twitter.com/portalozk
Twitter: https://twitter.com/portalozk

Veja mais!

E-mail: portalozk1@gmail.com
Telefone: (22) 99877-3138


HOME ANUNCIE CONOSCO
© 2004-2023 Portalozk.com Desenvolvido por Jean Moraes