Segunda-feira, 24 de junho de 2019 FALE-CONOSCO ANUNCIE AQUI
Esportes
Pai no vestiário, Bolsonaro no hospital e corte da Copa América fecham 11 dias mais turbulentos da carreira de Neymar
Notícias > Esportes > Pai no vestiário, Bolsonaro no hospital e corte da Copa América fecham 11 dias mais turbulentos da carreira de Neymar
Leonardo Ferreira / Portalozk.com 06 de junho de 2019 às 10h42
Compartilhe essa notícia Whatsapp

Nem meio tempo contra o Catar durou a esperança de ver Neymar longe das turbulências – que envolvem acusação de estupro e agressão por uma mulher de 26 anos – para ser notado novamente dentro de campo. A torção no tornozelo mais tarde foi diagnosticada como ruptura ligamentar no hospital de Brasília, o ponto culminante do capítulo mais delicado e grave nos 10 anos de carreira do atacante do PSG. Nos 11 dias dos mais delicados na Seleção.

Como de hábito, todas as lentes e atenções se voltaram para Neymar. A lesão aos 17 minutos tirou o jogador de campo e provocou mudança de regras, com a entrada no vestiário do pai do jogador, Neymar Santos Silva. Logo atrás veio Edu Gaspar.

O coordenador técnico disse que autorizou a entrada do pai de Neymar. Também esperava o presidente da República, Jair Bolsonaro, que não foi ao vestiário, mas foi até o hospital em Brasília para visitar Neymar, cerca de uma hora antes do corte.

- Eu estava assistindo ao jogo na tribuna e fui informado de que o pai do Neymar estava próximo ao vestiário. Obviamente autorizei. Para ele ter o pai próximo num momento como esse. Eu autorizei o pai do Neymar a entrar no vestiário para acompanhar o atleta – disse Edu. Globo Esporte

Mais notícias
É proibido o uso ou publicação deste conteúdo sem a devida autorização. Os infratores ficarão sujeitos a penas previstas por lei. O Portal OZK não envia mensagens de e-mail sobre promoções, notícias ou novidades. Portal OZK - 2015 - 2018 Todos direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Desenvolvido por Jean Moraes