Terça-feira, 19 de março de 2019 FALE-CONOSCO ANUNCIE AQUI
Cultura
Tradição e história no III Concurso de Marchinhas que aconteceu em São João da Barra
Notícias > Cultura > Tradição e história no III Concurso de Marchinhas que aconteceu em São João da Barra
Leonardo Ferreira / Portalozk.com 25 de fevereiro de 2019 às 08h47
Compartilhe essa notícia

No sábado, 23, o III aconteceu o Concurso de Marchinhas Carnavalescas de São João da Barra, uma promoção da Prefeitura por meio da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer e da Secretaria de Educação e Cultura. 

O evento contou com nove inscritos e foi aberto a artistas, compositores, músicos e interessados em geral que concorreram na modalidade tradicional com composições inéditas e de temática social sanjoanense. 

A primeira e a segunda colocação ficaram com o compositor e cantor André França e o compositor João Damásio, conquistou o 3º lugar. Com o título, “Te dou duas de 30, mas 60 eu não dou", a marchinha vencedora, contou histórias de personagens que fazem parte do anedotário popular de São João da Barra, do carnaval e suas tradições. 

“Foi gratificante participar desse evento e saber que o município tem trabalhado para manter viva suas tradições. Havia uma grande expectativa com o concurso, mas foi uma surpresa ficar com duas premiações, só tenho que agradecer às pessoas que contribuíram para isso”, destacou André França. 

Para o coordenador de Turismo, Gil Miranda, é um orgulho para o município manter essa tradição. “São nossas raízes culturais que permanecem vivas, através dessas manifestações e é mais gratificante ainda ver a praça cheia e contar com o incentivo do público prestigiando nossos eventos”, destacou. 

O corpo de jurados contou com a participação de Lenie Vieira, produtora e violoncelista da Companhia Musicatto, Eduardo Lourenço Rangel, formado no Curso Técnico, lecionado pelo Centro Cultura Musical de Campos e Conservatório Brasileiro de Música e, Antônio Carlos Ribeiro Dias, saxofonista, regente, fundador da Associação Musical e Cultural Amédio Venâncio da Costa. 

“Em 20 anos de carreira, foi minha primeira oportunidade de presenciar uma manifestação de amor e respeito pela tradição, o que me deixou muito feliz. Eu aprecio demais a cidade por esse trabalho, o que me alegra e tranquiliza, pois acredito que a cultura ainda tem esperança de se perpetuar para as próximas gerações”, enfatizou Lenie Vieira. 

O concurso aconteceu no Largo Mariquinha Salva e os três primeiros colocados receberam troféus e premiações em dinheiro, sendo o 1º Lugar – R$ 3.000,00 (três mil reais), 2º Lugar – R$ 2.000,00 (dois mil reais), 3º Lugar – R$ 1.000,00 (mil reais).

Mais notícias
É proibido o uso ou publicação deste conteúdo sem a devida autorização. Os infratores ficarão sujeitos a penas previstas por lei. O Portal OZK não envia mensagens de e-mail sobre promoções, notícias ou novidades. Portal OZK - 2015 - 2018 Todos direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Desenvolvido por Jean Moraes