X
São João da Barra/RJ, 18 de Julho de 2018
São João da Barra/RJ, 18 de Julho de 2018
fb.com/portalozk.com.br | instagram.com/portalozk | twitter.com/portalozk | Fale Conosco

Cidades
06 de Abril de 2018 ?s 20h48
Porto do Açu apoia evento do Projeto Tamar em comemoração aos 35 milhões de filhotes de tartarugas liberados ao mar
Leonardo Ferreira / Portalozk.com
titulo da notícia

Em apoio ao evento de comemoração do Projeto Tamar pelos 35 milhões de filhotes de tartarugas liberados ao longo da costa brasileira, o Porto do Açu participou das atividades de educação ambiental e da soltura simbólica de filhotes realizadas hoje, no Farol de São Thomé, em Campos. A celebração foi realizada na sede do Parque Estadual da Lagoa do Açu (PELAG) e incluiu exposição e palestras, além de contação de histórias e concurso de poesias e desenhos, envolvendo alunos da região. As ações, abertas ao público, foram das 10h às 16h.

Cerca de 50 de crianças participaram das atividades e as que apresentaram os três melhores desenhos e poesias foram premiadas com mochilas fornecidas pela Porto do Açu, além de bolsas, canecas e camisas do Projeto Tamar. Uma delas foi Maria Clara Barreto, de 11 anos, aluna do 6º ano da Escola Municipal Cláudia Almeida, que escreveu o poema eleito ao primeiro lugar: “Os versos foram surgindo na minha mente e eu fui escrevendo. Já participei de solturas no Farol e pude ver as tartarugas de perto. Então, juntei o que aprendi nas atividades na praia com o meu dia a dia”, contou orgulhosa.

O Projeto Tamar começou a proteger as tartarugas marinhas no Brasil, em 1980, e, desde então, sua principal missão é atuar na pesquisa, conservação e manejo das cinco espécies que ocorrem no Brasil. O Projeto protege cerca de 1.100km de praias, em 25 localidades de nove estados brasileiros. No litoral Norte Fluminense, o Tamar atua há 16 anos. Dez deles, contando com o apoio do Porto do Açu.

Para a coordenadora da Base Bacia de Campos do Projeto Tamar, a bióloga Daniella Torres, o número de filhotes liberados ao longo da atuação do Projeto merece celebração. “É com grande alegria que o Tamar comemora os 35 milhões de filhotes liberados ao mar. Trata-se de um marco muito importante. Com a conscientização e ajuda da população, pescadores, instituições e empresas parceiras, conseguimos avançar na conservação das tartarugas”, afirmou.

Dos 35 milhões de filhotes liberados desde o início do Projeto Tamar, mais de 600 mil contaram com a atuação do Programa de Monitoramento de Tartarugas Marinhas do Porto do Açu, realizado desde 2008. Nele, técnicos percorrem diariamente 62 km de praia, registrando qualquer ocorrência relativa às tartarugas. O monitoramento abrange desde o Pontal de Atafona, em São João da Barra, até Barra do Furado, em Campos. Durante o período reprodutivo, que vai de setembro a março, a equipe ainda tem a missão de localizar os ninhos de tartarugas, identificá-los e acompanhá-los até o nascimento dos filhotes.

Segundo Wanderson Primo de Sousa, gerente de Meio Ambiente da Porto do Açu, é missão do Programa de Monitoramento trabalhar para que o empreendimento contribua cada vez mais com os milhões de filhotes liberados pelo Projeto Tamar. “É com muita satisfação que participamos da comemoração deste marco junto ao Tamar e aproveitamos para reforçar nosso comprometimento com a conservação das tartarugas marinhas na área de monitoramento do Complexo Portuário. Parabéns a todos os envolvidos neste trabalho!”

O Programa de Monitoramento de Tartarugas Marinhas atende a diretrizes técnicas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) – Tamar e do Instituto Estadual do Ambiente (INEA).

Todos os direitos reservados | 2004 - 2016 | Grupo OZK V.A.F. Comunicação e Publicidade | CNPJ 14.775.883/0001-16 | Criando por Leonardo Ferreira | Desenvolvido por Jean Moraes